10 dicas para prevenir o Pé Diabético

O Pé Diabético

Uma das mais comuns complicações da diabetes mellitus, quando não tratada corretamente, é o pé diabético.
Estatísticas apontam que metade dos diabéticos com mais de 60 anos apresentam esse sintoma.

Caracterizada pela destruição dos tecidos e infecção dos pés e pernas devido a má circulação sanguínea dessa região, ela é responsável por 40% a 60% das amputações não traumáticas dos membros inferiores, segundo estudos médicos.

As pessoas com pé diabético podem apresentar neuropatia, úlceras, infecções, isquemia e trombose. A gravidade dessa complicação é grande porque, na maioria das vezes, a pessoa descobre a doença quando ela já está em nível avançado. Assim, o tratamento se torna difícil e demorado e a possibilidade de cura menor. Mas essa complicação da diabetes pode ser evitada, confira a seguir as dicas que ajudam a prevenção:

Como evitar o pé diabético

– A medida mais importante para prevenir a complicação é manter o nível de glicose do sangue controlado. Para isso, a pessoa deve tomar corretamente os medicamentos prescritos pelo medico e seguir a dieta recomendada para diabéticos que não permite a ingestão de alimentos com açúcar e evita carboidratos.

– Acompanhamento médico e avaliação visual dos pés periodicamente são também medidas essenciais para evitar a complicação. Se detectada em estágio inicial, é mais fácil de ser tratada.

– Manter os pés limpos e passar diariamente creme de hidratação profunda também ajuda na prevenção.

– Evitar o uso de água muito quente nos banhos para não ressecar e queimar a pele é importante. Na hora de secar, as toalhas devem ser macias e os movimentos leves. Qualquer machucado pode desencadear complicações.

– Usar meias macias, sem costura, confortáveis de algodão ou lã para não prejudicar a circulação nem machucar a pele é essencial.

– Proteger sempre os pés, não andar descalço, nem expor os pés ao sol sem protetor solar também são medidas preventivas.

-Antes de cortar e fazer as unhas dos pés, higienizar a área ajuda a evitar contaminações.

-Utilizar tesouras e alicates sem ponta para evitar cortes e sangramento, deixar as laterais das unhas arredondadas para impedir a unha de encravar e não tirar as cutículas são ações simples e muito relevantes na prevenção.

– Não cortar calos nem lixar a sola dos pés também auxilia na prevenção.

-Na hora de comprar calçados é importante certificar-se de que o sapato não aperta ou cria atrito em nenhuma parte do pé. Sapatos fechado com solado firme garantem mais conforto.

Produto recomendado:

Já conhece nossos cosméticos e produtos para Podologia?

Conheça agora, acesse este link: https://loja.shinsei.com.br/podologia

 

Aprenda os 5 passos para obter o PÉ PERFEITO aplicando a metodologia SPA DO PÉ!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *