Reflexologia Tailandesa

Reflexologia Tailandesa

A Reflexologia Tailandesa, com base indiana e influencias do Japão, Coréia e China, é uma técnica de massagem harmoniosa para os pés e pernas que consiste em movimentos lentos de alongamento e pressão de polegares que tem como principal objetivo restaurar o equilíbrio do corpo e da mente.

A massagem geralmente é com o auxílio de um bastão de madeira sagrada chamado de Stick, que abre as Linhas Sen (canais de energia) para estimular os pontos reflexos nos pés que correspondem aos órgãos internos do corpo.

Além de relaxar e esfoliar as pernas e pés ajudando na renovação da pele, a massagem milenar traz diversos benefícios para o corpo como o alívio do estresse, melhoria da circulação sanguínea, eliminação de toxinas, fortalece o sistema imunológico, proporciona maior flexibilidade, oferece melhor clareza mental e incentiva o bom humor, alivia dor e rigidez muscular, aumenta a flexibilidade dos membros inferiores e diminui o risco de lesões.

Para o profissional que realiza a massagem também há várias vantagens, pois ele se beneficia do relaxamento que a preparação da massagem exige, diminuindo a tensão e stresse, além de oferecer uma técnica diferenciada para seus clientes.

Para quem deseja aprender as técnicas da Reflexologia Tailandesa, o Centro Técnico Shinsei oferece cursos que ensinam a história da Reflexologia, as Linhas Sen, indicações e contra indicações, a sequência de manobras, o kit de produtos e materiais necessários para realizar a massagem e a execução prática das técnicas ensinadas.

Saiba mais sobre o próximo curso de Reflexologia Tailandesa clicando neste link: http://www.shinsei.com.br/profissional/cursos/reflexologia/

Para informações da Próxima turma do Curso de Reflexologia Tailandesa, acesse este link: http://www.shinsei.com.br/profissional/informacoes/reflexologia-tailandesa/

 

 

 

Aprenda os 5 passos para obter o PÉ PERFEITO aplicando a metodologia SPA DO PÉ!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *